Tia processa sobrinho de 8 anos que quebrou seu punho durante aniversário

Dizem que uma das melhores coisas do mundo é ter vários sobrinhos para paparicar, não é mesmo? Entretanto, uma tia norte-americana está movendo um processo contra seu sobrinho por “excesso de exuberância juvenil”. Confira essa história inacreditável!

Jennifer Connell, de 54 anos, alega que o pequeno Sean Terala teria causado uma série de transtornos a ela depois que ele quebrou o seu punho em uma demonstração muito efusiva de carinho. Tudo começou no aniversário de 8 anos Sean. O menino viu sua tia chegando à festa e foi correndo cumprimentá-la.

Só que ele se empolgou tanto que derrubou Jennifer no chão. Na queda, ela quebrou o punho. Agora, quatro anos depois, ela pede uma indenização de US$ 127 mil ao garoto – o equivalente a quase R$ 500 mil! “Lembro-me dele gritando ‘Tia Jen, eu te amo’, e vindo voando em minha direção”, declarou Jennifer no tribunal.

 
Jennifer Connell diz amar o sobrinho, mas exige que ele pague uma indenização por ter quebrado o seu punho.

O menino, que hoje está com 12 anos, parecia bastante confuso no colo seu pai durante a audiência. Já a mãe do garoto faleceu no ano passado. Jennifer garante que ama o sobrinho e que ele sempre foi muito carinhoso e sensível, mas que deve ser penalizado por sua atitude irresponsável.

“As lesões, perdas e danos ao queixoso foram causados ??por negligência e descuido do réu menor, sendo que é razoável aos oito anos de idade, nessas circunstâncias, saber ou dever saber que uma saudação forte, como aquela fornecida pelo réu para a queixosa, poderia causar os danos e prejuízos sofridos pela queixosa”, explica o processo.

Bizarro, hein? O que você faria com uma tia dessas?
 
Fonte(s)
Connecticut Post/Daniel Tepfer

Imagens
Reprodução/Connecticut Post
Pixabay/succo

Você tambem vai gostar de: