97 - Presos Participam De Culto Evangélico E São Impactados Pelo Poder De Deus!


Os presos da Penitenciária de Salgueiro tiveram uma manhã diferente. Nesta quarta-feira (8), eles receberam pastores e evangélicos de várias denominações e juntos passaram o dia em louvor e adoração a Deus.
bibliasnopresidio.270x415-01
Cristovão de Sá faz distribuição da Bíblia

A iniciativa de levar a palavra de Deus aos detentos foi do empresário Cristovão de Sá Carvalho, atuante da Igreja Batista Missionária. A ação aconteceu após ele ter passado sete dias preso. “Durante uma operação conjunta da Polícia Federal e a Anvisa, aconteceu uma fiscalização em todas as farmácias de Salgueiro. Fui detido pelo motivo que o farmacêutico não estava presente em meu estabelecimento”, falou.
bibliasnopresidio.08.12.10350x250_02

Cristovão de Sá reconheceu o fato como um projeto de Deus. Nos dias em que esteve na prisão, ele semeou amigos e agora, leva a palavra de Deus através de cultos semanais. Além disto, cumpre com determinação uma meta pessoal, distribuir 1 mil livros da Bíblia Sagrada.
bibliasnopresidio.08.12.10._350x250_03

Acompanhado do missionário da Assembléia de Deus Templo Central Juazeiro do Norte (CE), Eliandro Firmino dos Santos; do pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular, Cunha e do evangélico João, Cristovão de Sá cumpriu mais uma etapa da meta com a distribuição de 220 exemplares da Bíblia Sagrada para os presos.

bibliasnopresidio.08.12.10350x250_04
Pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular, Cunha

“Os irmãos encarcerados têm sede da palavra sagrada. Cabe a nós, ajudáramos a todos eles levando uma palavra de conselho. Quero finalizar este propósito de vida com 500 pessoas aceitando Jesus em sua vida”, disse Cristovão de Sá.

bibliasnopresidio350x250_07
João, Cristovão de Sá e Eliandro Firmino

Durante o depoimento, o missionário Eliandro Firmino relatou que esteve preso durante 4 anos. “Sei como os detentos se sentem. Quando eu os vejo, lembro dos irmãos que fizeram este mesmo trabalho de evangelização comigo e que não foi em vão. Estou apenas retribuindo o que um dia fizeram comigo”, falou.



bibliasnopresidio.08.12.10.350x250_01
Missionário da Assembléia de Deus Templo Central Juazeiro do Norte (CE), Eliandro Firmino

Para quem está preso, o culto é visto como momento de louvor, de aproximação com Deus e descontração. O músico Sancler Gomes Vieira tem 34 anos e há 17 anos cumpre pena por homicídio e tráfico de drogas. Ele diz que quando começou a freqüentar as celebrações religiosas no presídio, descobriu que pode ter uma nova vida. “Tem muita gente precisando de conforto através de uma palavra e da bênção do Espírito Santo”, falou. Além de freqüentar os cultos, Sancler Gomes diz cantar em agradecimento por tudo que Deus tem feito em sua vida.

Um comentário:

  1. Poucos são os que se habilitam a esse trabalho de evangelismo. Parabéns pela postagem, parabéns a todos que se esforçam.
    Veja o video!
    em 16 anos nosso primeiro encontro oficial.
    http://www.youtube.com/watch?v=rX6MyfmDQks

    ResponderExcluir

Você tambem vai gostar de: