8 - O ÚLTIMO CONVITE





A mais urgente mensagem do Deus Criador para nós é esta: "Sai dela, povo meu, para que não seja participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas". (Apoc. 18:4).
O Criador hoje nos convida a sairmos de Babilônia, pois o anjo do Apocalipse diz: "... Babilônia, e se tornou morada de demônios, e guarida de todo espírito imundo, e guarida de toda ave imunda e detestável". (Apoc. 18:2-3).
Como vimos na mensagem do 2º anjo, Babilônia significa confusão ou desordem.
Porém, em outras palavras, o Deus Criador nos está pedindo para sairmos da confusão e da desordem espiritual que hoje impera no mundo. Você poderá estar pensando neste momento: "Eu não estou em confusão. Eu não pertenço à Babilônia. Eu creio em Deus. Eu tenho minha fé. Eu tenho minha religião. Portanto esta mensagem não se aplica a mim e eu não preciso ler este folheto”.
Diz a Bíblia: "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o poderá conhecer?” (Jr. 17: 9) Por esse motivo admoesta o apóstolo: “Examinai tudo e retende o que é bom". [I Ts. 5:21]. Disse o profeta Isaias: "A Lei e ao Testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, nunca Ihes raiará a alva“. (Isaias 8:20).
Ore a Deus e examine a mensagem contida neste livreto. Tenha sempre em mente as palavras de Jesus: "Se alguém quiser fazer a vontade de Deus, há de saber se a doutrina é dEle, ou se eu falo por mim mesmo". (João 7:17).
Lembre-se sempre que o conflito final entre o bem e o mal implicará na adoração ao Deus Criador (Pai e Filho) ou à Besta.
Recorde: O 1° anjo clama em alta voz: “Temei a Deus e dai-Lhe glória... Adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas..." (Apoc. 14:6-7).
O 3° anjo com grande voz adverte: "Se alguém adorar a besta ou a sua imagem, e receber o sinal na fronte ou na mão...” [Apoc. 14.9-10].
A pergunta que podemos fazer neste momento é: Eu estou reverenciando e adorando ao Deus Criador? A igreja que eu freqüento esta reverenciando e adorando somente ao Deus Criador (O Pai) e seu filho Jesus, ou por causa da confusão religiosa existente em nossos dias você está, mesmo que inconscientemente, adorando à besta ao obedecer e acatar as ordens dela emanadas?
Essas perguntas devem ser respondidas corretamente e com sinceridade à luz das Escrituras. (João 5:39). De suas respostas, como dissemos ao início, depende o nosso destino eterno para vida ou para morte.
A Bíblia diz que os servos de Deus serão marcados com o selo que é O Espírito Santo Ef. 1:13, Ef. 4:30, e a santa lei de Deus, Isaias 8:16, incluído o sinal do Deus vivo que esta inserido na lei, o quarto mandamento, o sábado. Exodo 31:13
Somente aqueles que forem selados com o Espírito Santo de Deus, estarão capacitados a guardar todos os mandamentos sagrados da lei, inclusive o sábado. Veja Ezequiel 36:27.
O servos de Deus; (Apoc. 7:2-3; 14:1) serão identificados pela obediência a todos os mandamentos da lei, inclusive o sábado. Isto significa que eles possuem o caráter de Deus o Pai e do Seu Filho o Cristo, representado no Apocalipse como aqueles que receberam o nome do Pai e do Filho em suas testas.
Vimos na mensagem do 3º anjo que no 4º Mandamento da Lei, que Deus escreveu com Seu próprio dedo, encontramos o sinal do Deus vivo, Contendo o Seu Nome: Deus Criador; Seu cargo: Criador; e Sua Jurisdição: Universo. (Êxodo 20:8-11; comparar com Apoc. 14:7).
Disse o Deus Criador: “E santificai os meus sábados; e eles servirão de sinal (selo) entre mim e vós para que saibais que eu sou o Senhor vosso Deus". (EzequieI 20:12 e 20).
Portanto, o Sábado é o sinal de reconhecimento da autoridade do Deus Pai e de Seu Filho Jesus Cristo sobre nós seres criados. Foi o próprio Criador que instituiu o sábado como memorial da criação (Gen. 2:1-3; Ex. 20:8-11; Mat. 12:8; Mar. 2:28).
O domingo é a marca ou o sinal da autoridade da Besta apocalíptica. Roma instituiu o domingo como memorial de seu poder e autoridade (Dan. 7:25; Apoc. 13:11-18).
Já vimos anteriormente que biblicamente Besta significa: rei, reino ou um poder. (Daniel 7:17 e 23). A Besta (poder) conforme as profecias, “cuidaria de mudar a lei de Deus”, procurando desta forma, tirar a autoridade de Deus, e exaltar-se no lugar do Criador. (Daniel. 7:25; II Ts. 2:1-4)
Que poder que procurou mudar a Lei de Deus? Que poder que procurou mudar o 4º Mandamento da Lei de Deus, semeando a confusão sobre o dia de guarda hoje reinante no mundo político e religioso? Que poder mundial promoveu mudanças na Lei de Deus e ensina as nações da terra a observar essas mudanças? (Apoc. 14:8).
Já vimos anteriormente que foi o imperador Romano Constantino, que no dia sete de março de 321 DC, promulgou um decreto dominical pagão, instituindo a santificação do Domingo em lugar do Sábado. E que pela história os pontífices romanos foram quem sucederam o trono de Constantino.
Disse o poder romano: "O Domingo é nossa marca de autoridade... A Igreja está acima da Bíblia, e essa transferência da observação do Sábado é prova deste fato". Arquivo Católico de 01/09/1923. (Ler também Encíclica Papal "Dies Domini").
Deus, porém, preserva um povo como sua igreja verdadeira na Terra. O Apocalipse dá as características desse povo de Deus no mundo. Lemos: “Irou-se o dragão (Diabo) contra a mulher (igreja de Deus) e foi pelejar com os restantes da sua descendência (remanescentes fiéis de Deus, em nossos dias. E quem são eles? São:), os que guardam os mandamentos de Deus e mantêm o testemunho de Jesus”. (Apoc. 12:17)
A Bíblia ainda diz que o povo de Deus é perseverante, e que em hipótese alguma a igreja remanescente de Deus no mundo, alegará que a fé anula a Lei do Criador. O Apóstolo Paulo pergunta: “Anulamos, pois, a lei pela fé?” E responde: “Não, de maneira nenhuma! Antes, confirmamos a lei”. (Romanos 3:31; Isaias 8:16 comparar com Mateus 5:17-18). Por este motivo os salvos são assim descritos pelo Apocalipse: “Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus”. (Apocalipse 14:12)
O Deus Criador tem filhos e filhas nas diversas denominações religiosas do mundo. Enganados (II Cor. 11:3), muitos desses filhos estão reverenciando à Besta e preparando-se para receber o sinal do seu nome, quando não observam os Mandamentos do Deus Criador, e ensinam ser o Domingo (marca de autoridade da besta) “o dia do Senhor". (Ler. Mateus 15:9 e João 15:10). Veja qual será o resultado. (Apoc. 14:11; 20:10)
Disse Jesus: "Tenho ainda outras ovelhas que não são deste aprisco; a essas também me importa conduzir, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um pastor”. (João 10:16; Heb. 4:7).
Lembre-se sempre que somente o Deus Criador é digno da nossa adoração (I Cor. 8:6; Apoc. 5:13-14; 7:9-12 e 14:7; 21:22-23; 22:1-3). Se você faz parte de uma denominação que professa adorar ao Deus Criador, mas pratica a adoração a qualquer outro além do Deus Pai e de seu Filho Jesus Cristo, ignora e não observa todos os 10 Mandamentos da Lei do Deus Criador, (Êxodo 20:3-17) incluindo o 4º Mandamento, que requer a observância do Sábado (selo de Deus), sétimo dia da semana, como o dia do Senhor, a ordem de Deus é: "Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas". (Apoc. 18:4; 14:11 e 20:10).
No final do conflito entre o bem e o mal, o Apocalipse nos diz que só subsistirão "os que guardam os mandamentos de Deus e mantém a fé em Jesus" [Apoc. 12:17; 14:12].

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você tambem vai gostar de: